Gestão da Iluminação Pública – Rio Claro (SP)

Gestão da Iluminação Pública - Rio Claro (SP)

Sobre o Projeto

O Instituto Soma prestou serviços técnicos especializados de Gerenciamento Municipal do Parque de Iluminação Pública da cidade de Rio Claro, no interior do estado de São Paulo.

As atividades realizadas em Rio Claro contemplaram os seguintes serviços:

  • Cadastramento dos Componentes do Sistema de Iluminação Pública
  • Desenvolvimento e implantação do Sistema de Gerenciamento da Iluminação Pública Georreferenciado, incluindo Treinamento, Capacitação e Suporte Técnico
  • Suporte ao Sistema de Atendimento Telefônico Municipal e implantação do sistema de atendimento pela Internet para registro, acompanhamento e solicitações para correção de defeitos, melhoria e ampliação
  • Apoio técnico na fiscalização para avaliação da qualidade dos serviços prestados pela(s) empresa(s) terceirizada(s) contratada(s) para manutenção, remodelação e eficientização (melhoramento / modernização), e expansão

Sobre o Parque de Iluminação Pública de Rio Claro

O atual Parque de Iluminação Pública municipal está estimado em 23.388 pontos luminosos de iluminação pública, instalados em ruas, avenidas, viadutos, travessas, becos, parques, praças e outros logradouros que foram registrados através da realização do inventário e cadastramento informatizado de todos os pontos de iluminação pública do município de Rio Claro utilizando técnicas de geoprocessamento.

 

Apoio técnico na fiscalização dos serviços de manutenção e expansão do Parque de Iluminação Pública de Rio Claro

As atividades de fiscalização dos Serviços de Manutenção, Remodelação e Eficientização (Melhoramento / Modernização), e Expansão do parque de iluminação pública aplicam-se em apurar, uma vez por mês, os Índices de Taxas de Falhas do Sistema de Iluminação. Esses índices serão utilizados na verificação da qualidade dos serviços prestados pela Empresa Terceirizada de Manutenção, Remodelação e Eficientização (Melhoramento / Modernização), e Expansão.

Para a apuração do percentual de deficiências encontrar-se ou não dentro dos limites aceitáveis, a avaliação dos Índices de Taxa de Falha deverá ser realizada numa amostragem representativa mínima mensal de 400 lâmpadas.

Em cada avaliação dos Índices de Taxa de Falha serão considerados os seguintes limites:

  • A quantidade de lâmpadas apagadas no período noturno não deverá ultrapassar 3%
  • A quantidade de lâmpadas acesas no período diurno não deverá ultrapassar 2%.
  • A quantidade de luminárias em mal estado de conservação, com seu refrator ou refletor sujo, com juntas de vedação ou fecho de pressão inoperantes, não deverá ultrapassar 6%
  • A quantidade de luminárias danificadas, defeituosas ou faltando componentes, como por exemplo o refrator, não deverá ultrapassar a 2%

Por solicitação do município, para avaliação geral do parque de iluminação e emissão de Laudo Técnico Conclusivo poderá ser executada inspeção geral, sendo neste caso tomado uma quantidade representativa mínima de 800  pontos.

A equipe técnica do Verificador Independente é composta por dois engenheiros eletricista e um técnico de eletricidade.

É também fiscalizado os materiais utilizados na execução dos serviços foram adquiridos pela(s) empresa(s) Terceirizada(s) em conformidade com as especificações técnicas de materiais definidas no Termo de Referência de Manutenção, Remodelação e Eficientização (Melhoramento / Modernização), e Expansão, e em observância aos padrões técnicos vigentes.

Em caso de dúvidas em relação aos materiais a serem instalados ou já instalados e que apresentarem algum tipo de defeito, poderão ser requeridos ensaios previstos nas normas da ABNT NBR IEC.

 

Mais informações sobre Gestão de Iluminação Pública

 


 

Solicite um contato

Telefones:
(14) 3879-8024
(14) 3206-8024
Endereço:
Rua Gerson França, 14-77 - Vila Mesquita
CEP 17014-380 - Bauru/SP








PROJETOS RELACIONADOS