Circuito Turístico Caminhos do Centro-Oeste Paulista ficou entre os dez mais no 6º Salão do Turismo

Circuito Turístico Caminhos do Centro-Oeste Paulista ficou entre os dez mais no 6º Salão do Turismo

À esquerda, Márcio Langoni, do Instituto Soma, com membros da Governança do Circuito no 6º Salão. À direita, Bel Lorenzetti, Prefeita Municipal de Lençóis Paulista

Pela terceira vez consecutiva representantes do turismo regional participam do Salão de Turismo, maior evento do setor na América Latina, realizado em julho

As atrações turísticas da região que integram o “Circuito Caminhos do Centro-Oeste Paulista”, formado por dez cidades, entre elas Bauru, conquistaram um lugar entre os dez melhores roteiros no 6° Salão do Turismo, realizado entre 13 e 17 de julho, na capital paulista. Resultado de uma parceria entre Coder, Sebrae-SP e Instituto Soma, o Circuito vem se desenvolvendo e, neste evento, alcançou a média de 400 atendimentos incluindo clientes potenciais, imprensa e profissionais do setor de viagens e turismo.

O coordenador de turismo do Instituto Soma, Márcio Langoni, explica que o “Circuito Turístico Caminhos do Centro-Oeste Paulista” integrou dois espaços diferentes na feira: um reservado para os Circuitos Turísticos paulistas, com apoio do Sebrae-SP, onde uma equipe especializada forneceu todos os detalhes sobre os atrativos dos roteiros da região. A região foi representada ainda no “Mercado Sudeste”, que reuniu os estados de São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Prateleiras, produtos e lousas ambientavam o “mercado”, onde todos os dias os visitantes puderam conhecer os produtos de cada região, aproveitando para degustar pratos e bebidas típicas como a mortadela, vinho e cachaça artesanal da nossa região além de atrações culturais. Neste espaço, o Circuito contou com a parceria da TUR.SP e da Secretaria Estadual de Turismo, sob a coordenação do Instituto Soma.

Na avaliação de Langoni, esta foi a melhor participação do Circuito dos últimos três anos. Ele afirma que os roteiros regionais estiveram lado a lado com roteiros consagrados, como o caso dos mineiros. “Tivemos o mesmo espaço para promover os produtos típicos da nossa região que as famosas cachaças artesanais de Minas Gerais, por exemplo. O grande diferencial do grupo foi a presença dos empreendedores regionais no evento, explicando seus processos de produção e fazendo os seus contatos visando ampliação dos seus negócios”, explica.

Na opinião da consultora do Sebrae, Isa Maria Francischini, “foi uma grande oportunidade para a promoção e comercialização do Circuito Turístico junto ao público consumidor, de maneira organizada, com profissionalismo e elevada qualidade de apresentação”.  E ela completa, “isso está de acordo com a filosofia do Sebrae-SP no desenvolvimento do trabalho junto aos Circuitos Turísticos no Estado: trabalhar efetivamente para desenvolver roteiros viáveis, bem comercializados, profissionalizados, com capacidade de autogestão técnica e estratégica”.

Considerado o maior evento do setor na América Latina, o Salão recebe visitantes de várias partes do Brasil e também do Exterior. Este ano, passaram pelo espaço mais de 115 mil visitantes, superando em 6,5% o público do ano anterior. Além do aumento quantitativo, os organizadores comemoraram um salto qualitativo no público, interessado não apenas em conhecer os atrativos da feira, mas em fechar negócios. O 6º Salão do Turismo gerou uma expectativa de negócios de R$ 33,5 milhões para os empresários participantes, num balaço parcial da Rodada de Negócios promovida em parceria com o Sebrae. Os artesãos de todo o Brasil receberam R$ 663,7 mil pela venda de mercadorias nos cinco dias do evento.

Sobre o Circuito

O Circuito Turístico Caminhos do Centro-Oeste Paulista é formado pelos municípios de Agudos, Avaí, Arealva, Bauru, Duartina, Iacanga, Lençóis Paulista, Macatuba, Pederneiras e Piratininga. Entre os principais itens do roteiro destacam-se: cultura, museus, vinícola, ciência, aldeia indígena, rural, pesca e gastronomia (peixes e doces).

Sobre o Salão do Turismo

O Salão do Turismo é uma estratégia de mobilização, promoção e comercialização dos roteiros turísticos desenvolvidos a partir das diretrizes do Programa de Regionalização do Turismo – Roteiros do Brasil. É promovido pelo Governo Federal por meio do Ministério do Turismo.

Nesta 6ª edição, os visitantes puderam conhecer os roteiros turísticos das 26 unidades da federação e adquirir pacotes, produtos e serviços para viagens futuras. A iniciativa ainda fomentou a comercialização de artesanato, produtos da agricultura familiar e a gastronomia típica, além de apresentar manifestações artísticas de diversas regiões do país. O público pôde também assistir a debates e palestras, conhecer casos de sucesso, trabalhos científicos e projetos relacionados ao turismo.

 

Texto: Ana M. Ferreira (MTb 22.474)