A importância do SIG para o planejamento urbano

Saiba as vantagens da implantação do SIG para o planejador urbano

O Sistema de Informação Geográfica (SIG) é essencial para um eficiente planejamento urbano, servindo de complemento para as ferramentas de geoprocessamento.

plan_urban2

O SIG possibilita maior interação entre os mapas disponíveis

A diretora de planejamento territorial do Instituto Soma, Letícia Kirchner, explica que “quando você tem só o geoprocessamento, você tem as informações georreferenciadas, mapa georreferenciado, mas não necessariamente você tem as informações associadas a esse mapa”.

Dentro da proposta de implantação do SIG, o planejador consegue ter informações associadas a base cartográfica. “Dentro de eixos de logradouros, o planejador consegue determinar qual trecho tem pavimentação ou não e com isso conciliar mapas inteligentes apresentando os resultados”, exemplifica Kirchner.

Por meio do SIG é possível fazer todas as leituras de incidências urbanísticas proporcionando, dentro de uma base única de dados, lançar informações de zoneamento, mapeamento, restrições ambientais, diretrizes viárias e outras informações de planejamento urbano em geral.

“O processo de implantação do SIG para planejamento urbano contribui para identificação de desconformidades que eventualmente existam entra seus mapas. Ele faz a ligação entra a cartografia e uma informação acessória”, conclui Kirchner.

 

Texto: Instituto Soma

Imagem: http://urbanidades.arq.br/2010/11/tipos-de-desenho-urbano/